Após reforma, escola Paschoal Viscontti é reinaugurada

Crianças fazem apresentação, durante cerimônia de inauguração da escola

Foi inaugurada, nesta quarta-feira (13), a nova EMEF Paschoal Viscontti, localizada no bairro Garcias. A unidade passou por obras de reforma e adequação, as quais tiveram início ainda em 2017. De acordo com o secretário de Educação, Felipe Campanholi, os serviços de melhorias foram finalizados já há alguns meses, porém, decidiu-se por uma cerimônia simbólica para prestar conta do que teria sido realizado no local.

Segundo Campanholi o imóvel ganhou uma recepção/secretaria logo na entrada, o que garante mais segurança aos alunos. “Antigamente, quando um pai precisava falar na direção, ele entrava na escola e passava por quatro salas de aula. Agora, isso mudou”, afirmou, explicando que não se trata de cercear o direito dos munícipes, mas de programar um procedimento no que diz respeito ao acesso ao interior da unidade de ensino.

Outra melhoria apontada pelo secretário é a rampa de entrada, fazendo com que os estudantes não tenham mais de passar por dentro da quadra – muitas vezes atrapalhando as atividades de Educação Física. Também constam na obra: reparos nos, banheiros, refeitório sala de aula telhado e sala dos professores – com direito a copa onde podem tomar café e comer algo; troca da parte elétrica, substituição da iluminação por sistemas de led, troca do piso por material antiderrapante, construção de sala de informática e espaço de estudo aos docentes, entre outras benfeitorias elencadas por Campanholi.

Em discurso realizado durante a cerimônia, Felipe afirmou que a Paschoal Viscontti está melhor e mais aconchegante e com o número ideal de alunos por sala. Ainda de acordo com o gestor da pasta, o Tribunal de Contas já visitou a escola e não fez apontamentos. “O Corpo de Bombeiros também esteve aqui e está tudo certo para a emissão do laudo”, afirmou.  

 

Mutirão – Em relação a recursos públicos, o investimento da Prefeitura na revitalização foi de, apenas, R$ 50 mil. O secretário Felipe Campanholi explicou que a obra contou com o apoio de pais de alunos, que promoveram rifas e eventos para levantar fundos. “A APM (Associação de Pais e Mestres) também ajudou bastante”, afirmou, embora não tivesse em mãos os números referentes ao montante aplicado.

Durante sua fala na cerimônia de inauguração, o prefeito José Tadeu de Resende (PSDB) elogiou o empenho de professores e comunidade. “Eu sempre gostei de obras em mutirão, ao longo de meu governo promovi várias”, apontou.

Na opinião do chefe do Executivo, havia a necessidade de ampliar e dar nova cara àquela escola. “Principalmente, por ter recebido os alunos da EMEF Maurício França”, justificou, fazendo menção à polêmica decisão de fechar a unidade de ensino do Piratuba e acrescentando que, se pudesse, não fechava nenhuma escola. “Pelo contrário, abria uma por dia, 365 por ano”, exagerou.

Por fim, Tadeu afirmou que a nova Paschoal Viscontti é aquela “que as crianças merecem” e que garante dignidade aos estudantes.

Leia também:
Tadeu diz que “forçou a barra” para fechar escola do Piratuba
Prefeito critica ensino no regime militar: “Tínhamos medo”

 

 

Comentar