Bandidos furtam fios de cobre, escada e caminhonete

Em apenas seis dias, bandidos causaram prejuízos para uma concessionária de energia, um produtor rural, uma associação e um comerciante. Eles levaram fios de cobre, escada e uma caminhonete. Ninguém foi preso até o momento.

O primeiro caso ocorreu no dia 12, porém o boletim de ocorrência só foi feito cinco dias depois. O funcionário da Elektro contou à polícia que um transformador havia sido retirado do poste da sede da concessionária de energia e que bandidos haviam levado o material de cobre contido na parte interna equipamento, sobrando somente a carcaça.

Um comerciante, de 51 anos, foi a vítima do dia 14. Ele disse que estacionou a sua caminhonete numa travessa próxima à agência dos Correios. A vítima foi até o cabeleireiro e quando voltou, em torno de meia hora depois, não encontrou o seu veículo no local deixado.

No dia 15, o agricultor de 49 anos relatou que se dirigiu até o motor elétrico para ligá-lo e irrigar sua plantação. Porém, para a sua surpresa, o transformador não estava no poste. Desconhecidos, segundo ele, haviam tirado o equipamento do seu lugar e colocado no chão, levando todo os fios de cobre de dentro do transformador. Além disso, continuou o lavrador, os bandidos também subtraíram os cabos de energia elétrica que serviam o equipamento.

No dia 17, foi a vez da Adiaesp (Associação dos Distribuidores de Insumos Agrícolas do Estado de São Paulo), que funciona no km 177, da rodovia Raimundo Antunes Soares, ser alvo dos bandidos. O funcionário da associação contou que ao chegar no local de trabalho percebeu a falta de uma escada. Ele também constatou que bandidos haviam cortados os cabos de energia do transformador, mas não levaram o equipamento.

Comentar