B.O eletrônico passará a ser feito na GCM

A partir de 1º de janeiro de 2018, a base da Guarda Municipal disponibilizará um computador e um voluntário para auxiliar munícipes que precisam fazer boletim de ocorrência pela internet. A informação foi divulgada pelo comandante interino da GCM, Moisés dos Santos, nesta quarta-feira (6), em reunião do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança). De acordo com Santos, a medida faz parte do Plano Municipal de Segurança Pública, que vem sendo elaborado pela Prefeitura.

“Nosso intuito é auxiliar aquela pessoa que precisa registrar uma ocorrência, mas não tem familiaridade com a informática”, frisou o guarda. “No posto da GCM, ela contará com auxílio total de um estagiário, em uma sala própria para isso”, completou. O intuito, de acordo com Santos, é que esses pontos de apoio ao cidadão sejam estendidos a outros prédios públicos e de entidades, no Centro e na zona rural.

Vale ressaltar que a questão referente aos B.O’s eletrônicos vem sendo constantemente abordada nas reuniões do Conseg. Com déficit de funcionários, a Delegacia de Polícia nem sempre consegue prestar atendimento adequado a essa demanda. “Há tempos identificamos uma grande dificuldade do pessoal, em relação a esse procedimento. Esperamos, com isso, ajudar a resolver a situação”, pontuou Santos.

 

"A pessoa contará com uma sala e uma pessoa para auxiliá-la", subcomandante Santos

 

Fiscalização – O comandante interino da GCM frisou, ainda, que o plano de segurança envolve outras ações. Uma delas diz respeito aos loteamentos clandestinos e aos estabelecimentos que ficam abertos além do horário estipulado por lei. “São problemas bastante sérios e que serão combatidos, em esforço conjunto entre a GCM e o setor de fiscalização”, avisou.

De acordo com Moisés dos Santos, o Plano Municipal de Segurança Pública está em fase de conclusão. Os munícipes, frisou ele, podem colaborar com sugestões pelo e-mail: segurancapublica@piedade.sp.gov.br. A expectativa é de que, no final de janeiro, esse projeto já esteja em pleno funcionamento. 

Comentar