Câmara cobra planejamento agrícola e organização da Ceabasp

Adélcio: "Prefeito quer construir praças e portais, mas não se preocupa em organizar um local para o agricultor vender seu produto"

“Nos últimos 20 anos, nenhum prefeito fez o devido planejamento para nosso mercado agrícola”. A frase foi proferida pelo vereador Adélcio de Jesus (PSB), na sessão legislativa de segunda-feira (23). Em tribuna, o parlamentar criticou a ausência de políticas mais eficazes para o homem do campo e tornou a cobrar a famigerada organização da Ceabasp (Central de Abastecimento de Piedade).

Na opinião de Adélcio, a crise agrícola que castiga os produtores é fruto da falta de projetos e estudos sobre o setor, por parte do Executivo. Ele sugeriu, como exemplo de iniciativa, um levantamento estatístico da produção local e suas características.

No que diz respeito à Ceabasp, o peessebista cravou: “Faltou um prefeito com visão de futuro para fazer do nosso ‘ceasinha’ o mais expressivo da região”. De acordo com Adélcio, o potencial agrícola de Piedade faria com que o entreposto local conseguisse ser muito superior àqueles presentes em Sorocaba e Votorantim. “O Executivo quer construir portal, praça pública, mas não se preocupa em oferecer um local bem organizado para o comércio dos produtos de Piedade”, completou.

Alex Silva, do PTB, concordou com o colega e definiu a situação como preocupante. Em sua fala, ele frisou que a mercadoria local sai da roça e chega aos grandes centros com o preço comprometido, por conta das condições desfavoráveis de escoamento. “Só pelo fato de haver o transporte nessas estradas que são puro buraco, sem estrutura nenhuma, o produto já perde valor”, avaliou. “O mínimo que poderíamos fazer por nossos agricultores era garantir uma pista boa para o transporte do que plantam, mas a Prefeitura tem demorado muito para atender aos munícipes, em diversas frentes”, apontou. 

Comentar