Conta de água aumenta quase 8% a partir de novembro

Em Piedade, a conta de água vai ficar 7,88% mais cara a partir de novembro. O reajuste nas tarifas foi anunciada nesta segunda-feira (9) e vale também para as demais 365 cidades atendidas pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico de São Paulo).
 
Deacordo com esse índice, a tarifa residencial mínima cobrada no município, para consumo mensal de até 10 metros cúbicos, passará de R$ 40,33, somando consumo de água e coleta de esgoto, para R$ 43,51. Para o mesmo público, o valor subirá de R$ 515,00 para R$ 555,00, em caso de utilização de 50 metros cúbicos mensais e volume igual de despejos sanitários.
 
A autorização para o aumento foi dada pela Arsesp (Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo) e publicado na edição desta terça-feira (10) do "Diário Oficial" do Estado. Conforme determina a legislação, os novos valores passarão a vigorar dentro de 30 dias – ou seja, a partir de 9 de novembro.
 
Segundo a Sabesp, esse reajuste é chamado de revisão tarifária e ocorre a cada quatro anos. O mesmo percentual será aplicado à taxa de água e esgoto e vale para as tarifas normais e também as tarifas sociais, com valores reduzidos, para famílias de baixa renda que atendem a critérios específicos.
 

Comentar