Deputados visitam região e anunciam recursos

Goulart, Edmir Chedid e Professor Benjamin, na Fazenda Santa Regina

O último sábado (9) foi marcado pela visita de parlamentares. O deputado estadual Edmir Chedid (DEM) e o deputado federal Goulart (PSD) estiveram na região, onde se reuniram com representantes políticos e de entidades. Chedid participou de encontro na Câmara Municipal de Piedade e, mais tarde, seguiu para a Fazenda Santa Regina, em Tapiraí, onde Goulart dialogava com prefeitos, ex-prefeitos e demais lideranças.

Ambos afirmaram que a motivação das visitas foi a de trazer notícias sobre emendas parlamentares, bem como captar quais as necessidades dos municípios no que diz respeito a recursos.

“Ainda podemos fazer emendas no orçamento estadual. De forma que vim até Piedade para receber reivindicações e leva-las ao governo de São Paulo”, explicou Edmir, na sede do Legislativo. “Já apurei as demandas para as entidades, saúde pública, guarda municipal e infraestrutura. Agora, tomarei as providências na Assembleia Legislativa”, afirmou.

 

Delegacia – Deputado atuante na viabilização do novo prédio da Delegacia de Polícia, Chedid demonstrou sua satisfação com o fato de a obra estar prestes a ser inaugurada. “Foi uma luta constante e envolveu muitos recursos em uma época de crise. Algo extremamente trabalhoso”, mencionou. “Agora, o prédio está aí, muito bonito e compatível com o que a população merece”, destacou.  

Durante o evento com o deputado, o ex-vice-prefeito de Piedade, Renaldo Corrêa (PV), fez um discurso onde criticou “pessoas que tentam assumir uma obra que não são delas”. Ele frisou que a construção da nova delegacia foi um trabalho encabeçado na gestão Maria Vicentina (PSDB – PSD), com o apoio de Edmir Chedid. O pevista chegou fazer insinuações sobre postagens em rede social, nas quais outros políticos assumem o mérito pela benfeitoria.

A respeito dessa polêmica, o parlamentar o DEM desconversou. “Sei que há quem tente pegar carona em nosso trabalho, mas, os deputados votaram o orçamento do estado, de forma que contribuíram – ainda que indiretamente – para que a obra saísse”, contemporizou, porém, sem deixar de frisar a sua participação e a do governo anterior na iniciativa. “Nos dedicamos e trabalhamos, desde o primeiro dia. Foram vários ofícios, audiências reuniões, enfim, um trabalho constante ao longo do tempo”. 

Leia também
Goulart anuncia ano "exclusivo" para a saúde
Cobrança pela Bunjiro continua, diz Chedid
Deputado defende taxação de cebola holandesa

Comentar