Jurupará vai à final após empatar com Real Madrid

Jogadores e comissão técnica do Jurupará

O Jurupará está na final do Campeonato Varzeano 2018, após empatar sem gols com o Real Madrid, na manhã do último domingo (16). O time da zona rural entrou em campo com a vantagem do resultado igual e se beneficiou com o placar no Estádio Municipal Lino de Mattos. No confronto anterior, os dois já haviam empatados em 0 a 0. O Jurupará enfrentará o Bonde dos Pangarés, que conseguiu a vaga após golear por 5 a 1 o Caveira dos Anjos. O primeiro jogo da final será neste domingo (23), às 10h30.

 

O JOGO – O Real Madrid entrou em campo apostando suas fichas no experiente Nenão, que não atuou no jogo de ida por estar doente. Do outro lado, preocupado em não dar espaços ao atacante, o Jurupará armou sua defesa com três zagueiros. E Nenão, mesmo não tendo feito nenhum gol, foi o personagem principal da partida. Ele lutou, deu trabalho aos marcadores, cobrou os seus colegas e acabou sendo expulso no segundo tempo, após ter sido acusado de agredir Bruno.

A partida, apesar de movimentada, era bastante truncada, sem claro domínio de nenhum dos lados. A chance mais clara de gol ocorreu aos 9 minutos e foi desperdiçada por Rafael Marum. Ele recebe o cruzamento da esquerda e sobe com estilo, mas a bola foi longe da meta defendida por Renan. Nos minutos finais da primeira etapa, ocorreu um lance polêmico. Bruninho arranca com a bola e é derrubado pelo zagueiro. O árbitro apita, mas não sinaliza o que marcou. O auxiliar também fica imóvel. Depois das pressões dos dois lados, Fabiano de Oliveira acaba marcando a infração contra o Jurupará.

No segundo tempo, em desvantagem, já que o empate classificaria o Jurupará, o Real Madrid foi ao ataque, com chance para Bertão logo no início. Ele bateu fraco e Renan defendeu. Depois desse lance, o Real Madrid continuou com maior posse de bola, com o Jurupará cada vez mais retraído aguardando chances de contra-ataques. Aos 35 minutos, Bananinha, que havia entrado na etapa final, perdeu boa chance de abrir o marcador. Um minuto depois, o Real Madrid se preparava para cobrar a falta, quando o árbitro foi chamado pelo auxiliar Roberto Rivelino, informando que havia visto Nenão agredir sem bola o zagueiro Bruno. Fabiano de Oliveira não titubeou e deu o cartão vermelho para o atacante. Sem seu principal jogador em campo, o Real não teve mais forças para buscar o gol. O Jurupará passou a levar a bola ao ataque para ganhar tempo e o 0 a 0 prevaleceu.

 

FICHA TÉCNICA

REAL MADRID 0 x 0 JURUPARÁ

REAL MADRID: Renan; Alessandro (Davi), Chicão, Dedé e Claytinho (Wesley); Zóio, Neguinho (Gabriel), Rafinha (Daniel) e Flavinho; Bertão e Nenão. Técnico: Ney Viola.

JURUPARÁ: Fabinho; Diego (Coxinha), Leco, Bruno, Juliano e Sidney; Edsinho, Vaguinho, Bruninho (Edgar) e Gê; Rafael Marum (Bananinha). Técnico: Fábio Maravilha.

ÁRBITRO: Fabiano de Oliveira. AUXILIARES: Roberto Rivelino e Laura Medeiros.

CARTÃO VERMELHO: Nenão.

 

 

SÉRIE PRATA

King Shark e Moreiras Moreirão decidem neste domingo (23) o título da Série Prata do Campeonato Varzeano. A partida será às 15h30 no Estádio Municipal Lino de Mattos. No primeiro confronto, ocorrido no último dia 16, houve empate em 1 a 1. Lucas marcou para o Moreirão e John deixou tudo igual.

Comentar