Lavrador das Furnas é preso com carros e objetos roubados

Carro e moto foram encontrados em roça na propriedade do acusado (Foto: GCM)

A Polícia Civil prendeu um lavrador de 18 anos, acusado de pertencer à quadrilha que praticava roubos na região. Preso na segunda-feira (25), ele teria envolvimento com o roubo ocorrido em Ibiúna que culminou na morte de um dos assaltantes e na prisão de três pessoas. Na casa do rapaz, no bairro Furnas, as autoridades encontraram diversos objetos de origem criminosa.

De acordo com o boletim de ocorrência, um dos homens presos na parte da manhã foi interrogado. Ele admitiu a prática de vários roubos e indicou todos os seus comparsas. Entre eles, o lavrador detido na terça. Segundo o delator, um automóvel VW Passat e uma motocicleta, ambos subtraídos no assalto em Ibiúna, estariam na residência desse rapaz.

Os policiais foram até o local indicado, para averiguar as informações. No local, o lavrador foi inquirido sobre os fatos. Ele afirmou que dois comparsas haviam ido até sua casa, com os mencionados veículos, e outros objetos – como caixa de ferramentas, TV, telefones celulares e um relógio – pedindo para que os escondesse. De acordo com o indiciado, essa era sua função na quadrilha. “Era um serviço remunerado. Eu deixava as coisas em casa, até que a ‘poeira abaixasse’ e tudo pudesse ser vendido”, confessou.

Naquele mesmo dia, porém, na parte da tarde, outros membros do bando o procuraram e levaram a moto e o automóvel. “Eles disseram que esconderiam as coisas em Ibiúna e disseram para eu fugir, pois ‘a casa havia caído’”, revelou o lavrador.

 

Busca – Diante das confirmações, com autorização do acusado, a Polícia Civil entrou na residência para fazer a busca dos objetos roubados. O próprio rapaz teria indicado às autoridades onde estavam os bens deixados para ele ocultar.

Os policiais encontraram caixas de vinho, brinquedo, adornos, celulares e um relógio. Os pertences foram fotografados e, em sua maior parte, reconhecidos pela vítima. Indiciado por receptação, o lavrador acabou preso em flagrante.

 

Localizados – Horas mais tarde, naquele mesmo dia, a Guarda Municipal e a Polícia Civil localizaram a motocicleta e o VW Passat. Os veículos estavam escondidos em uma roça dentro da propriedade do indiciado.

Uma chave da Volkswagen fora encontrada, momentos antes, na casa do acusado. Na ocasião, ele argumentou que o objeto se referia ao carro de seu pai. Ao localizar o automóvel, todavia, a Polícia Civil constatou que aquela mesma chave dava a partida no Passat, o que comprovou a mentira contada às autoridades anteriormente.

O lavrador indiciado encontra-se recolhido em unidade prisional da região.

Comentários

Belo trabalho. Vamos ter um pouco de sossego agora .

Comentar