Ônibus devem parar na próxima terça-feira

O transporte coletivo em Piedade e região de Sorocaba pode parar, na próxima terça-feira (19). A greve geral é um protesto contra a Reforma da Previdência, em vias de ser votada pelo Congresso. Em comunicado, o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região destacou que somente a retirada do projeto poderá impedir a paralisação, que deverá ser de 24 horas e abranger os 42 municípios que compõem a base de representação sindical.

No comunicado à imprensa, o Sindicato reforça o posicionamento de que a proposta do presidente Michel Temer (PMDB) retira direitos e dificulta o acesso dos trabalhadores aos benefícios previdenciários, ao mesmo tempo em que mantém supostas regalias de deputados, senadores, juízes, membros do Ministério Público e das Forças Armadas, que se aposentam com altos salários e contribuem menos.

“Caso a reforma seja aprovada, milhares de trabalhadores irão perder o direito à aposentadoria. O aumento do tempo mínimo de contribuição para 20 anos cria barreiras intransponíveis para uma grande maioria de trabalhadores conquistarem a aposentadoria, visto que no Brasil existe uma alta rotatividade de emprego, ou seja, os trabalhadores permanecem desempregados por um longo tempo de sua vida", afirma comunicado da central sindical.

 

 

Comentar