Nova Câmara é prometida para janeiro de 2018

Obras foram paralisadas em 2015 e são alvo de briga judicial entre vereadores e empreiteira (Foto: Arquivo)

O novo prédio da Câmara Municipal deverá ficar pronto dentro de, no máximo, cinco meses. A informação foi divulgada pelo presidente do Legislativo, Camarão Prestes (PSD), em reunião do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) ocorrida em 3 de agosto. As obras estão paradas desde 2015, após a empreiteira Sorobase se desentender com a vereança a respeito da execução do projeto.

“Vamos abrir a licitação e a construção deve ser retomada em torno de 45 dias”, destacou Prestes. “Depois disso, são cerca de quatro ou cinco meses para finalizar e inaugurar a nova sede”, completou.

Para que o prédio seja terminado, a estimativa é de que o Poder Legislativo desembolsará cerca de R$ 900 mil. O valor é previsto em dotação orçamentária. De acordo com informações repassadas pela equipe técnica da Câmara, o custo total da obra, com os devidos reajustes, é de R$ 2.986.056,31. Até dezembro de 2015, quando recebeu pela última vez, a Sorobase havia embolsado R$ 2.020.289,50 – o que, corrigido com os respectivos reajustes, hoje, corresponderia a R$ 2.173.124,04.

Comentar