Passando a Limpo

Prefeito Tadeu e secretário de Educação, Felipe Campanholi (Foto: Arquivo)

Só paulada
Nas redes sociais, a popularidade do prefeito José Tadeu de Resende (PSDB) não anda nada boa. Nos conteúdos relacionados à Administração, a enxurrada de comentários críticos ao atual governo tem se tornado cada vez mais comum. Pelo visto, a paciência dos munícipes anda bastante esgotada.

 

Dê motivo
Nesta semana, um dos assuntos que provocou críticas e protestos diz respeito à presença de máquinas da Prefeitura em um terreno supostamente particular, no Cotianos. As imagens revoltaram alguns cidadãos, os quais questionam as prioridades e a transparência do atual governo.

 

Escudeiros
Mas, é preciso admitir: nem tudo são críticas quando se trata da gestão Tadeu. Há um pequeno, porém barulhento, grupo de pessoas que se dedica a defender a Administração nas redes sociais. Para esses munícipes, o alcaide tem status de divindade e não pode, em hipótese alguma, ser cobrado de forma mais enfática.

 

Na faixa
Deu o que falar, nos últimos dias, a pintura de uma faixa de pedestre bastante inusitada, na Avenida Antonio Corrêa da Silva. O trecho de travessia levava o pedestre da calçada para um muro de balaústres. A imagem viralizou na Internet, gerando uma série de memes e piadas.

 

Providência
Diante do ridículo, a Prefeitura teve de agir rápido. Durante o final de semana, notificou a empresa responsável, a qual prontamente apagou a malfadada faixa.

 

Desatentos
O episódio repercutiu na Câmara dos Vereadores. Na segunda-feira, o petista Maurinho Machado (PT) criticou o que definiu como falta de atenção por parte do Executivo. “Se em relação a uma simples faixa, faltou fiscalizar, o que podemos dizer sobre a obra de recape?”, questionou.

 

Tá decidido
O secretário de Educação, Felipe Campanholi, não gostou de ser questionado a respeito da mudança do local onde ocorrerá o Desfile Cívico de 20 de maio. O gestor da pasta e seus apoiadores fizeram questão de rebater quase todos os comentários que debatiam a mudança. Segundo ele, levar o evento para a Via Antônio Leite de Oliveira dará mais comodidade e segurança aos alunos.

Comentar