Piedade fecha 2017 com maior número de furtos em 4 anos

De acordo com o sargento da Polícia Militar, Clóvis da Silva, em reunião do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) ocorrida nesta quarta-feira (10), as autoridades registraram 547 ocorrências de furto, entre janeiro e dezembro do ano passado. Um levantamento feito pela Folha de Piedade no site da SSP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo) mostra que a marca coloca 2017 como aquele com maior número desse tipo de delito, num intervalo de quatro anos.

As estatísticas mostram que os furtos vêm numa crescente. Em 2016, foram 500 incidências desse crime, enquanto 2015 terminou com 399 e 2014 teve 330 ocorrências registradas.  

Segundo o sargento Clóvis, 2017 teve uma média mensal de 45 furtos. O mês mais crítico foi março deste ano, com 67 casos. No segundo semestre houve recuo nos índices, chegando a uma redução de 27,5% no mês de outubro.

 

Insegurança – O aumento desse e outros indicadores criminais marcaram o ano passado como um período no qual cresceu a sensação de insegurança entre a população. Uma audiência pública chegou a ser convocada na Câmara dos Vereadores, com a presença de representantes das polícias Civil e Militar. Na ocasião, porém, o major da PM, René Marcelo Nunes, desdenhou da situação e afirmou que não existia falta de segurança em Piedade.

Comentários

Culpa do nosso potencial turístico e das muitas atrações do município.

Comentar