Sob a regência de Japonês, Bateia segura Caveira

Japonês comandou o empate do Bateia contra o Caveira

O goleiro Japonês foi o grande destaque no empate entre Bateia e Caveira dos Anjos, na manhã do último domingo (15), no Estádio Municipal Lino de Mattos. O arqueiro do time rural fez defesas importantes, desconcentrou os adversários, falou muito em campo e ainda fez defesas importantes que garantiram o empate na partida adiada e válida pela sexta rodada do Campeonato Varzeano. Os gols foram marcados por Willian e Batô.

 

O JOGO – Assim que a bola rolou, Japonês impôs o seu domínio sobre o time. Ele orientava a sua defesa e cobrava empenho dos atacantes. E o Bateia foi superior em campo na primeira etapa. Manteve mais a posse da bola e atacou com perigo. Já o Caveira, com alguns desfalques, segurava atrás e apostava na velocidade de Batô nos contra-ataques. Contudo, o placar ficou 0 a 0.

No segundo tempo, Japonês continuava a falar, enquanto o Caveira equilibrava a partida, ainda mais depois das entradas de Tiago Bomba e Pedrinho. Porém, que abriu o marcador foi o Bateia, aos 20 minutos. Willian chuta forte a cobrança de falta. A bola desvia na barreira e engana Nor. Logo depois, o banco de reservas do time da zona rural passa a discutir com o auxiliar Nelson Yanati. O jogo foi paralisado e Marquinho expulsou Lucas, por supostas ofensas a Yanati.

Após o gol, o Caveira passou a pressionar mais o adversário. Numa discussão fora do lance, Japonês e Wellington tomam amarelo de Marquinho. Mesmo assim, os dois ficaram mais alguns minutos trocando ofensas. Aos 33 minutos, Pedrinho faz uma jogada genial e deixa Batô na cara de Japonês. O atacante deu um toque sutil na saída do goleiro e empatou o confronto. O defensor do Bateia não se conteve e disparou broncas à sua zaga. O time da cidade continuou a ofensiva e por pouco não saiu vencedor do duelo.

FICHA TÉCNICA:

CAVEIRA DOS ANJOS: Nor; Frangão, Garcia (Tiago Bomba), Rude e Bento; Léo Shimizu, Biel (Cabeça), Gabriel e Wellington; Batô e Pica-pau (Pedrinho). Técnico: Liga.

BATEIA: Japonês; Seishi (Gilmar); Willian, Baianinho e João; Heitor, Djhon, Bruno e Tadeu (Jackson); Indinho (Ted) e Rafinha. Técnico: Gilberto.

GOLS: Willian e Batô.

ÁRBITRO: Marcos A. de Jesus, o “Marquinho”. Auxiliares: Nelson Yanati e Francisco de Assis.

 

CLASSIFICAÇÃO

GRUPO A

1º - Bonde dos Pangarés, 15 pontos;

2º - Corrêas, 15 pontos;

3º - Caveira dos Anjos, 11 pontos;

4º - Bateia, 11 pontos;

5º - 11 Estrelas, 8 pontos;

6º - Torres, 6 pontos;

7º - Miricel, 1 ponto;

8º - Atlético Deportivo, 1 ponto;

9º - Leites, 0 pontos.

 

GRUPO B

1º - Jurupará, 14 pontos;

2º - Real Madrid, 11 pontos;

3º - Moreira Moreirão, 10 pontos;

4º - Miguel Russo, 9 pontos;

5º - Gran Duque, 7 pontos;

6º - Kaikan, 6 pontos;

7º - Douradinho, 5 pontos;

8º - King Shark, 2 pontos;

9º - Castanho, 0 pontos.

 

ARTILHEIROS

Os artilheiros até a sexta rodada do Capeonato Varzeano são: 14 gols: Robertinho (Bonde dos Pangarés); 8 gols: Pedra (Bonde dos Pangarés), Pelezinho (Moreira Moreirão) e Batô (Caveira dos Anjos); 7 gols: Tom (Bonde dos Pangarés).

 

PRÓXIMOS JOGOS

Neste domingo, dia 22, ocorre a sétima rodada do Campeonato Varzeano. Os confrontos são: 8h30, Kaikan x Moreira Moreirão, no Kaikan; às 10h, Leites x Deportivo, no Leites; às 10h30, Bonde dos Pangarés x Miricel, no Estádio; às 13h30, King Shark x Castanho, no Estádio; às 15h, Bateia x Corrêas, na Bateia; às 15h, 11 Estrelas x Torres, na Bateia de Baixo; às 15h, Real Madrid x Família Grand Duque, na Vila Moraes; e às 15h30, Douradinho x Miguel Russo, no Estádio.

Comentar