Vila Bom Pastor tem domingo de beleza e simpatia

Participantes da 5ª edição do Miss e Mister Voz do Morro durante ensaios (Foto: Divulgação)
Este domingo (1°) é um dia movimentado na Vila Bom Pastor. A comunidade se reune na Quadra Poliesportiva, das 10 às 16 h, para assistir ao 5° Concurso Miss e Mister Voz do Morro, um dos muitos eventos organizados anualmente pela Associação Cultural, Esportiva e Social dos Moradores e Amigos do bairro. Na passarela montada especialmente para a ocasião, desfilarão 32 candidatos pré-selecionados, de ambos os sexos e de todas as idades, para revelar a graça, a beleza e a desenvoltura da população. O julgamento ficará a cargo de um corpo de jurados formado por profissionais de várias áreas. Também está prevista a participação de autoridades e convidados especiais.
 
De acordo com Valdinei Aparecido Mariano Franco, o Nei Viola, presidente da entidade popularmente conhecida como Voz do Morro, os concorrentes serão divididos nas categorias masculina e feminina principal – acima de 15 anos – e mirim, formada por crianças e adolescentes dos nove aos 14 anos. A escolha levará em consideração os quesitos simpatia, postura e técnica de desfile. Cada participante terá que mostrar desenvoltura em trajes com três trajes diferentes: do dia-a-dia, hip hop e social. 
 
Haverá prêmios para os três primeiros classificados em cada categoria. A lista de presentes inclui viagem, bônus no valor de R$ 300,00 para compras em lojas da cidade e curso de línguas, entre outros. 
 
Como já havia acontecido nas edições anteriores do concurso, Nei destaca a importância das parcerias para a concretização do projeto. “Felizmente, contamos com o apoio de várias empresas, de voluntários e também da Prefeitura para conseguir atingir os objetivos”, revela. Ele cita o exemplo do produtor André Martins, que todos os anos atua na preparação e ensaios dos concorrentes. 
 
Valorização da comunidade
 
“É mais uma oportunidade para valorizar as qualidades individuais e coletivas da Vila”, explica Nei Viola. Segundo ele, essa e outras atividades desenvolvidas pelo grupo visam afastar a juventude do mundo das drogas, assim como elevar a autoestima dos habitantes locais e diminuir o preconceito do restante da cidade com relação àquela região. “As pessoas precisam perceber que nós temos alguns problemas, mas também possuímos muitas coisas boas”, argumenta. 
 
Além do Concurso Miss e Mister Voz do Morro, a associação ainda desenvolve projetos nas áreas esportiva, cultural e de capacitação. Os projetos incluem aulas de futebol, jiu-jitsu, judô, muay thai; danças sertaneja e hip-pop; oficinas de grafite e automaquiagem, assim como cursos de administração financeira, atendente de farmácia e matemática. Outra atividade é denominada Cuidar de quem cuida, voltada à orientação de mulheres que enfrentam problemas com filhos ou marido.
 
O sucesso dos projetos, Nei credita ao empenho dos membros da diretoria da Associação Voz do Morro, incluindo a Associação Júnior, responsável pela evento de beleza deste fim de semana. 
 

Comentar